Organização pesssoal

Hoje tivemos uma reunião familiar com os quatro maiores. Idades 15, 12, 10, 9.

Tivemos um papo super bacana sobre viver a vida tomando iniciativa e não simplesmente esperar os dias e a vida passar e/ou esperar que alguém nos ofereça uma “carona” para nos levar do ponto A ao ponto B.

Exatamente! Se queremos ir do ponto A ao ponto B, devemos dar passos decisivos. Quando temos uma meta, seja um aprendizado, um hobby ou até mesmo tempo de lazer, precisamos ser intencionais porque os ponteiros do relógio não esperam.

Aqui todos tem tarefas diárias. E o acordo é cumprido:

não há privilégio sem responsabilidades.

Essas reuniões familiares são importantes porque nos permitem lidar com situações que precisam ser alinhadas, corrigidas ou redirecionadas e assim, manter a casa nos ‘eixos’, evitar frustrações constantes e permitir muito mais tempo para desfrutarmos da vida – em família.